Notícias

20-04-2016

RioCard apoia projeto social

Instituição tem a participação de atletas que disputam vaga nas paralimpíadas
 
O ano de 2016 com certeza será diferente para a RioCard Cartões. A empresa busca ampliar a sua projeção e o fortalecimento da marca. A maneira encontrada para alcançar esses objetivos passa pela associação a iniciativas que contemplem os respectivos públicos na qual ela se relaciona no dia a dia. Um desses projetos vem sendo desenvolvidos pela URECE (Esporte e Cultura para Cegos) em que seus participantes vêm no esporte a oportunidade de melhoria da qualidade de vida.
Aproveitando-se de instrumentos como a Lei de incentivo ao esporte, A RioCard Cartões iniciou este ano apoio a URECE que mantem entre outras atividades uma equipe de Goal Ball, em que alguns atletas vivem a expectativa da convocação integrar a seleção brasileira que vai disputar os próximos jogos paralímpicos.
Ao apoiar a modalidade paralímpica, a RioCard, se aproxima de um público diretamente ligado a proposta de ser a provedora da melhor mobilidade para as pessoas, inclusive àquelas com deficiência. Importante lembrar que a empresa é a fornecedora dos cartões de gratuidade, para aqueles que realmente têm direito ao benefício, de acordo com os preceitos legais de modo a facilitar os respectivos deslocamentos diários.
Para o diretor da RioCard Cartões, Cassiano Rusycki, apoiar um projeto como o desenvolvido pela URECE reforça o papel da empresa em incentivar  iniciativas “que promovam a inclusão social,  o bem estar das pessoas, além de garantir o direito de ir e vir das mesmas, independente da finalidade” - disse   
Anderson Dias, deficiente visual desde a infância, é o atual presidente URECE e reconhece o apoio dado pela RioCard para a continuidade do projeto e a inserção dos deficientes visuais no mundo do esporte. “Precisamos da participação das empresas, pois sabemos das dificuldades que os esportes tradicionais têm em se manter, imagina então uma modalidade pouco conhecida como a nossa. Para esses atletas, o apoio de vocês é fundamental no desenvolvimento deles aqui conosco”.
Os treinos técnicos das equipes da URECE acontecem três vezes por na Tijuca e os atletas estão empenhados em fazer bonitos nas competições que antecedem as olimpíadas. Acesse os sites http://cbdv.org.br/pagina/goalball ou http://urece.org.br/site/esportes/goalball/ saiba mais sobre a modalidade e entre você também nessa torcida.
 
 
Mas afinal de contas você sabe o que é o GoalBall ?
 
O Goalball foi criado em 1946 pelo austríaco Hanz Lorezen e o alemão Sepp Reindle, que tinham como objetivo reabilitar veteranos da Segunda Guerra Mundial que ficaram cegos. Nas olimpíadas de Toronto (1976) sete equipes masculinas participaram na condição de exibição. Dois anos depois a modalidade teve o primeiro Campeonato Mundial realizado na Áustria. Em 1980 na Paralimpíada de Arnhem, a modalidade iniciou como esporte paralímpico, somente na categoria masculina.
Não passou muito tempo e as mulheres também ganharam espaço neste novo esporte. Agora, às vésperas dos Jogos Rio 2016, o Goalball é uma das esperanças de medalhas para o Brasil. 

aIMG_8482.jpg

aIMG_8535.jpg

aIMG_8502.jpg

< Voltar para a página de Notícias
Página Anterior      Próxima Página