Notícias

26-12-2016

Sistema de reconhecimento facial antifraude para estações começa a ser testado em BRT

img prototipo rcti.jpg

Está em fase de testes protótipo de câmera para utilização em estações de metrô, trens, barcas e

BRT. O novo modelo, lançado na 11ª FetransRIo, aceita cartões de gratuidade e valorados e utiliza os mesmos validadores dos ônibus, porém com uma proteção de aço, contra vandalismo.

“Nosso desafio é encontrar o melhor posicionamento de câmera para capturar a imagem quando não há validador, pois precisamos ter uma posição adequada para as estações de todos os modais”, explica Carlos Silveira, diretor executivo da RioCard TI.

 

Diferentemente do sistema implantado nos ônibus, o validador das estações tem como proposta bloquear o passageiro no embarque, quando existir evidência de fraude. Mas, para levar essa ideia adiante, ainda será necessário discutir procedimentos e regulamentação.

 

“Agora que identificamos a possibilidade técnica de implantação, iremos avaliar o custo e o operacional do projeto. Os modais se interessaram pela proposta e estão esperando a homologação e a apresentação dos custos”, afirmou Silveira.

 

O sistema de reconhecimento facial antifraude foi regulamentado em outubro e já está sendo implantado nos ônibus intermunicipais. Câmeras instaladas acima dos validadores capturam imagens do portador do cartão, fazendo um reconhecimento de face e identificando se é o titular. Até o momento, cerca de 2.000 cartões de gratuidade já foram cancelados por fraude.

 

< Voltar para a página de Notícias
Página Anterior      Próxima Página